• Departamento

  • Temática
  • Formato

  • Palavras-Chave
  • *(separadas por vírgulas, máximo de 100 caracteres)



  • Ensino multidisciplinar

    Duas empresas. Cinco universidades. O mesmo desafio

    A primeira edição do curso realiza-se já em 2012.

    31/01/2012

    A FCUL, com mais quatro instituições universitárias portuguesas e brasileiras, cria e participa no programa de estudos avançados em Geoengenharia de Reservatórios Carbonatados, promovido pela Galp Energia e Petrobas.

    Os reservatórios carbonatados, em geral, e os reservatórios de hidrocarbonetos em águas profundas, em especial, representam uma nova e muito relevante fronteira da indústria petrolífera internacional, com importante potencial económico. Neste contexto, a Galp Energia e a Petrobas decidiram promover o lançamento de uma pós-graduação visando a formação avançada de quadros (geólogos, geocientistas e engenheiros), dotando-os de competências multidisciplinares diferenciadoras no domínio dos reservatórios carbonatados. Esta iniciativa poderá também vir a ser o embrião de projetos de investigação conjuntos entre as duas empresas e as instituições científicas dos dois países.

    Neste contexto, o Instituto Superior Técnico, a FCUL, a Universidade de Aveiro, a Universidade Estadual de Campinas e a Universidade Estadual Paulista, com a Galp Energia e a Petrobas, criaram em cooperação o diploma de estudos avançados em Geoengenharia de Reservatórios Carbonatados. Trata-se de um curso de formação avançada, não conferente de grau académico, cuja conclusão com aprovação dá lugar à atribuição de um diploma de estudos avançados em Geoengenharia de Reservatórios Carbonatados com menção conjunta às universidades envolvidas. No passado dia 13 de dezembro de 2011 celebraram-se, simultaneamente em Lisboa e no Rio de Janeiro, os acordos formais ao alto nível entre as duas empresas e as cinco instituições de ensino superior, concretizando uma iniciativa de natureza e dimensão pouco comuns, que vai seguramente marcar uma nova etapa do ensino e investigação na área do petróleo em Portugal.

    A primeira edição do curso realiza-se já em 2012. O curso é antecedido por uma fase de nivelamento de conhecimentos fundamentais, que se justifica pelas diferentes formações de base dos formandos. O programa completo prevê 840 horas de aulas e, para efeitos de prossecução de estudos com vista a dissertação de doutoramento, dará equivalência ao primeiro ano de um programa doutoral nas universidades portuguesas envolvidas.

    A participação da FCUL, sob responsabilidade de Ana Cristina Azerêdo, docente do Departamento de Geologia e investigadora do Centro de Geologia, incidirá sobre Geologia dos Reservatórios Carbonatados e Trabalho de campo na Bacia Lusitânica, além de módulos da fase de nivelamento.


    Assinatura
    Departamento de Geologia com GCIC de Ciências da ULisboa

    Tags
    Ambiente, Ciências da Terra, Desenvolvimento, Energia: hidrocarbonetos, Geofísica, Minas





    Fotografia de alunos a andarem, junto ao C8

    Fonte: Eliseu Furtado 
    Legenda: O novo programa prevê 840 horas de aulas


    Notícias
    24.08.2015

    Workshop em setembro na Alemanha
    Ação COST FAST
    Saber Mais »


    17.08.2015

    Ano Internacional da Luz
    A luz cósmica: primordial e perene
    Saber Mais »


    07.08.2015

    Acesso 2015/2016
    “Escolhe bem!”
    Saber Mais »





    Eventos

    Ago
    28

    A Energia Fotovoltaica e suas Aplicações
    Saber Mais »


    Set
    21

    VIII Simpósio Internacional sobre a Margem Ibérica Atlântica
    Saber Mais »


    Out
    14

    Seminários cE3c I e II 2015/2016
    Saber Mais »


    Out
    20

    ICT 2015 Conference
    Saber Mais »


    Out
    23

    II Feira da Matemática
    Saber Mais »