> DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA
Facebook Share

Mestrado em Matemática Financeira


"Candidaturas no ISCTE (até 16 de Julho de 2014) ou na FCUL (de 2 Junho a 16 Julho 2014)"

O Mestrado em Matemática Financeira criado em 2005 e organizado conjuntamente pela ISCTE Business School e pelo Departamento de Matemática da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, visa a formação avançada de quadros na área dos processos estocásticos aplicados às Finanças.

A atribuição, em 1997, do Nobel da Economia a Fisher Black, Myron Scholes e Robert Merton consagrou definitivamente a importância da utilização do cálculo estocástico na teoria financeira, e em especial na área dos produtos derivados. A título de exemplo, recorde-se que a célebre fórmula de Black-Scholes para a avaliação de opções permitiu, pela primeira vez, a avaliação e implementação de estratégias de hedging baseadas em princípios de não arbitragem que foram rapidamente assimiladas pelos participantes nos mercados financeiros.

O facto de a teoria financeira se ter vindo a tornar cada vez mais quantitativa e complexa, conduziu a que diversos problemas da área das finanças sejam hoje objecto de uma investigação rigorosa baseada na matemática. A constatação destes desenvolvimentos tem levado as instituições financeiras (bancos, seguradoras, fundos de investimento e de pensões, corretores, entre outras) a estarem cada vez mais interessadas em recrutar recursos humanos qualificados, com forte apetência quantitativa e sólida formação na área financeira, para o exercício de funções nas áreas de gestão de riscos financeiros, inovação financeira e avaliação de instrumentos financeiros.

O mestrado em Matemática Financeira tem por objectivo suprir o actual défice de formação quantitativa na área dos mercados financeiros, e destina-se, sobretudo, a licenciados nas áreas de Matemática, Física ou Engenharia que pretendam prosseguir uma carreira profissional ou de investigação na área das Finanças quantitativas. Candidaturas oriundas de licenciados nas áreas de Finanças, Economia ou Gestão serão também consideradas desde que a apreciação curricular do candidato evidencie uma forte apetência pela matemática.

O Mestrado em Matemática Financeira tem o apoio do Centro de Matemática e Aplicações Fundamentais (CMAF) da Universidade de Lisboa.